quinta-feira, 29 de janeiro de 2009


Ás vezes te odeio por quase um segundo, depois te amo mais ...


*****************************************


Eu sou canceriana. Água. Sou maternal. Sensível, extremamente sincera. E espero o mesmo das pessoas. Não gosto de meias-palavras ou meias-verdades. Talvez eu seja, sim, o oposto daquilo que esperam de mim. Sou hiperativa ao extremo. Gosto de todos os bichos. Não gosto de muitas pessoas. Minha vida é desalinhada. Ajo como um homem e choro como uma criança. Talvez eu mereça mais que isso.Talvez meu jeito estúpido de amar as pessoas ao meu redor não seja suficiente. Talvez eu precise começar do zero e aprender a amar. Aprender a viver como se diz no manual. Gosto da liberdade, mas adoro companhia. Adoro minhas pernas encostando nas suas na hora de dormir. Gosto das araras azuis. Aprendi no Discovery Channel que elas passam a vida inteira com o mesmo companheiro. São livres. Ninguém, nem nenhuma lei, obriga ninguém a ficar junto por mais tempo do que o amor consegue fazê-lo. Eu acredito nisso. No amor livre. No amor enquanto houver amor. No respeito, na cumplicidade, na transparência.
Por não saber o que quero da vida, vivo fazendo o que não quero. Por não saber amar, vivo levando na cara. Por amar demais, vivo sonhando. Por não acreditar nos sonhos, vivo me ferrando. Por me ferrar sempre, vivo me fechando. E por me fechar demais, vivo sem amor. Vivo com poucos amigos, poucas cifras e poucos CDs. Vivo sem sorte no jogo e apostando no amor.

Não quero amor de fim de noite. Não quero amor de uma noite só. Não tenho mais idade - nem saco - pra micareta. Não sei mais paquerar ou fazer joguinho de “não te quero só pra você me querer”. Não preciso que me queiram pra massagear meu ego. Eu tenho foco. Sou mulher de um homem só. Não preciso de conversinha porque sei bem o que eu quero. Não preciso de homem pra massagear meu ego. Não preciso testar meu poder de sedução mantendo possíveis casos amorosos. Não preciso de ninguém pra me dizer o quanto sou linda, gostosa e inteligente. Pra isso, tenho espelho, academia, papel e caneta. Não preciso usar meu corpo ou muito menos minhas palavras pra conquistar alguém. Pra isso, tenho sentimentos que falam por mim. Acredito no amor, apesar de o amor não acreditar em mim. Valorizo as pequenas coisas, como o chocolate no fim da tarde e o almoço no meio do dia. Valorizo a boa intenção. A boa fé. Acredito nas palavras do coração pra fora. E nos sentimentos do coração pra dentro. Acredito em tudo que vem de dentro da alma. Acredito no agora e desconfio – muito – do futuro. Desejo o bem pra quase todas as pessoas que conheço. E acredito no desejo. Acredito na vontade que faz acontecer. Acredito que tudo que queremos de verdade acontece. Acredito no amor que dura uma vida inteira.

E amar é acreditar. Acreditar que pode dar certo. Acreditar em um futuro juntos apesar de. E eu acredito na possibilidade. Ainda.

6 comentários:

Dani disse...

que bonito!

Andrea disse...

Aiii mina, que lindo!!!!
que foto linda....

adoro ler seu blog para refletir um pouco nas burradas que eu faço com o meu namorado.... haha
aprendo a cada dia mais com vc....
te adoro

bejus

Gilmara disse...

Poxa!
Quero dizer alguma coisa, mas nao sei exatamente o que... So sei q amei o q li...

Maira Maccri disse...

É, amiga, nós que somos regidas pela água somos assim mesmo... Somos água pura, transparente nos três estados perfeitos, nos adaptamos fácil a tudo, aprendemos rápido por isso. Também ficamos frias, geladas, endurecemos como pedra de gelo... Mas não resistimos ao calor,rsrs... Logo nos derretemos, nos perdemos... E qdo estamos mal evaporamos, ficamos meio fora do ar para refletir e melhorar. Não é por nada não, me desculpe os outros elementos, eles são muito importantes para o equilibrio, mas água é a unico que assume três formas diferentes... É por isso que somos complicadas e perfeitinhas, heheheheh...
Bjo enorme no coração!!
Goddess always bless you, xuxu!!

Dani disse...

humm... me elemento é terra. e não é mesmo a minha cara ser do elemento terra? o liro é fogo, mas bem poderia ser ar! hahaha
um beijo, helô!

olhos de clarice disse...

Que lindo os comentários de vocês!! Apesar de ter sido uma post triste, vocês gostaram e ainda elogiaram! Andréa, eu aprendo com vc todos os dias que não se deve faltar na faculdade! haha Porque quando eu falto, é um dia sem ver vc e a sua presença faz bem pra mim.
A Gilmara eu não sei quem é, mas entrei no blog dele e adorei!
Dani, o Edyr é ar, com certeza!!haha
A sua cara ser terra? hahaha acho não, acho que vc é tão água quanto eu.
Maira, vc foi tão especial na minha vida, que derreteu o meu gelo, que eu usava como escudo, no primeiro dia de trabalho, naquela loja assustadora.
Obrigada por tudo, a todas!
um beijão, Helô.