domingo, 13 de novembro de 2005

Deixa ser, como será...

Sim. Eu acabei me rendendo. Além de ter cedido à suruba virtual chamada orkut, não resisiti e cedi a tentação de criar um blog. Eu o crio apenas para mim mesma. É claro que, se alguém quiser se dar ao trabalho de ler e comentar, ficarei grata. Só espero que não achem meus comentários enfadonhos... Mas desde já aviso que sou piegas e sentimental...
Hoje o dia amanheceu de forma inesperada... Acordei melancólica e me sentindo frágil... Assisti ao filme "Menina de ouro" e até agora não me recuperei.. Esse filme veio muito a calhar para o dia de hoje. É incrível como eu consigo assumir para mim as dores dos outros!!! Eu quase consigo sentir a dor da outra pessoa, e quando essa pessoa é muito querida, meu coração quase se esvai com a tristeza alheia...
Será que é tão errado assim ser passional ao extremo?? Sempre agi assim. Por mais que tentasse, nunca consegui ser diferente.Mas será que é tão errdao agir assim??? Recuso-me a mudar. Afinal, quem é mais sentimanetal que eu? Ninguém... Mesmo após ter lido Milan Kundera e descobrir que a paixão pelo extremismo é um desejo de morte disfarçado...
O dia hoje foi regado à Maria Rita, Alice in Chains e Radiohead, pra não deixar de fora a melancolia.
Tanta intimidade e ao mesmo tempo nenhuma... Minha vida tem se baseado nisso.Em falsas expectativas, em mudança de planos, em destruição de sonhos...
Quem se importa? Eu. Apenas eu.

Um comentário:

daniela disse...

Hellozinhaaa! Eu me importo c vc! :) se precisar pode desabafar comigo via msn, skype ou telepatia.... não q não tenha graça na melancoiia, mas deixar rolar "A Festa" com maria rita, "Os Saltimbancos" do chico, ou "Sunrise" de Norah Jones talvez possam lhe trazer alegria!!!rs
;)
bjsss